ACidade ON

Ônibus foram queimados em Matão na madrugada deste domingo (20) (Foto: Maury Jr./Matão Urgente)
A Polícia Civil de Matão investiga o incêndio criminoso de quatro ônibus de trabalhadores rurais, que teria ocorrido neste domingo (20), após a morte de um jovem, de 17 anos, suspeito de roubar um carro e trocar tiros com policiais militares. 

Durante o registro da ocorrência de roubo, a polícia foi chamada para atender quatro casos de incêndio em ônibus rurais e a suspeita é que os atentados foram em protesto pela morte do rapaz. Ninguém ficou ferido. 

Um dos veículos ficou completamente queimado e a polícia apreendeu garrafas pets, além de pedaços de pedra que podem ter sido usados para estourar os vidros dos ônibus. Ninguém foi preso pelos incêndios. 

PRA RELEMBRAR
Um jovem, de 19 anos, suspeito de roubar um veículo e trocar tiros com a Polícia Militar (PM) durante a fuga morreu, neste domingo (20), na Avenida Nestor Gardini, no Portal Terra da Saudade, em Matão. O caso foi registrado no Plantão Policial local e segue em investigação.

Segundo relatório policial, os militares foram acionados para atender uma ocorrência de roubo de veículo, um Volkswagen Gol, na Avenida Daniel Antonio Brito, em frente a pista de skate. Durante patrulhamento, uma das viaturas conseguiu localizar os criminosos e na fuga, após disparar contra os policiais, um deles acabou atingido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, foi até o local para prestar atendimento médico, porém, o homem já estava morto. A Polícia Científica também foi acionada para iniciar as investigações do caso. Um segundo indivíduo, de 19 anos, teria se entregado à Polícia.

"

    Veja Também

      Mostrar mais